Saber Mulher

Notícias

::13/10 - Aprenda a ler o rótulo dos alimentos

Aprenda a ler o rótulo dos alimentos

Uma dieta equilibrada e saudável requer dedicação, disciplina e muita atenção. Fazer uma leitura crítica dos rótulos dos produtos alimentícios e entender todas as informações que constam nas embalagens é imprescindível para avaliar qual a melhor opção. Mais do que a quantidade de calorias que contém um determinado alimento, precisamos ficar atentas às demais informações nutricionais que contribuem significativamente para uma boa alimentação.

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), desde 2006 todos os rótulos de alimentos devem seguir o mesmo padrão em todo o Mercosul. Informações sobre valor energético (em kcal), quantidades de carboidrato, proteínas, fibra alimentar, sódio, gorduras totais, saturadas e trans devem vir obrigatoriamente impressas nas embalagens. Essas informações nutricionais terão que fornecer a quantidade da porção do alimento em grama ou mililitro e o correspondente em medida caseira, como copo, xícara, dentre outros. "Com todas as qualidades nutricionais descritas fica mais fácil para o consumidor escolher qual alimento deve estar presente na sua mesa e, principalmente, qual deve ser evitado", afirma a nutricionista, Cinthya Maggi.

Os ingredientes presentes nos alimentos e bebidas devem estar listados em ordem decrescente de acordo com a quantidade, ou seja, só de bater o olho saberemos qual deles predomina, já que o primeiro da lista é o que está em maior quantidade. No entanto, verificar a composição de cada produto ainda não é suficiente, precisamos entender exatamente o que aquela informação significa para a nossa saúde. Confira abaixo:

Calorias - as necessidades energéticas variam de acordo com a idade, peso, altura, atividade física e sexo da pessoa. Na média, uma criança deve ingerir entre 1.200 e 2.000 kcal por dia; um adolescente entre 2.200 e 3.000 kcal; uma mulher adulta entre 1.800 e 2.200 kcal e um homem adulto entre 2.200 e 2.700 kcal. No entanto, para efeito de padronização, a legislação brasileira estabeleceu os "Valores Diários de Referência" como 2.000 kcal/dia. É com base nesse valor que se calcula as porcentagens informadas nos rótulos, por isso é bom estar atenta a esse detalhe se você está pretendendo perder peso.

Carboidratos - são nossa principal fonte de energia para realizar as atividades físicas e mentais. Quantidade máxima recomendada por dia: 300 gramas ou 60% do valor calórico total diário recomendado (fornecem 4 kcal por grama).

Proteínas - são responsáveis pelo crescimento, manutenção e reparação dos órgãos, tecidos e células. Quantidade máxima recomendada por dia: 75 gramas ou 15% do valor calórico total diário recomendado (fornecem 4 kcal por grama).

Gorduras totais - é a somatória de todas as gorduras (saturadas, insaturadas e trans) contidas no alimento. São fundamentais para o nosso organismo porque são as "transportadoras" das vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K) e entram na constituição de diversas estruturas celulares, além de ajudar a manter o equilíbrio térmico do corpo. No entanto, é o nutriente que mais engorda e, em excesso, pode causar o desenvolvimento de diversas doenças como obesidade e, por consequência, diabetes tipo 2. Quantidade máxima recomendada por dia: 55 gramas ou 25% do valor calórico total diário recomendado (fornecem 9 kcal por grama).

Fibra alimentar - contribuem para o bom funcionamento do intestino, controle da fome, redução do risco de doenças cardiovasculares, câncer e obesidade. Quantidade máxima recomendada por dia: 25 gramas (não fornece calorias).

Sódio - regula os fluídos extracelulares e o volume plasmático, participa da condução dos impulsos nervosos e contrações musculares. Em excesso pode levar à hipertensão. Quantidade máxima recomendada por dia: 2.400 miligramas (não fornece caloria).

Além de verificar essas informações, não deixe de observar a data de validade do produto, se a embalagem está em boas condições e se o alimento está sendo armazenado dentro da temperatura ideal de conservação (normalmente impressa na embalagem).

Saiba mais
Voltar

Notícias

31/01/2011

Cuidando do coração

Ações hoje podem ajudar a prevenir ou minimizar os efeitos de um problema...

 

28/01/2011

Dá prá confiar na pílula?

A pílula tem sido usada com segurança desde a década de 60 e é uma das formas mais...

 

24/01/2011

Excessos ao sol

Exageros durante a exposição solar pode causar danos irreparáveis à pele. O verão é a...

 

mais notícias +

 

 

Conheça seu corpo

Veja imagens do seu organismo e saiba como ele funciona.

Convide uma amiga

Chame suas amigas para conhecer o Saber Mulher!